element10

Escapulário do Carmo

O que é o Escapulário do Carmo?

Pelo Batismo, e, de modo particular, pelo Crisma, ficamos: Marcados, Fortalecidos e Ungidos pelo Espírito Santo: “Não contristeis o Espírito Santo de Deus, uma vez que recebestes a sua marca…” (Ef 4,30). Pelo Crisma o Cristão recebe os dons do Espírito Santo e compromete-se com a missão de testemunhar e anunciar Jesus ao mundo e guiar a Igreja nos caminhos da história para que ela permaneça fiel ao Senhor e encontre sempre de novo os meios de anunciar eficazmente o Evangelho.

Os dons do Espírito Santo têm uma forma de operar diferente de qualquer virtude, porque é o próprio Espírito que age. É como São Paulo diz “Já não sou eu que vivo mas é Cristo que vive em mim”.

Para receber o Escapulário

  • Se nunca lhe foi imposto o Escapulário do Carmo e deseja receber o Escapulário, todos os anos, na Solenidade de Nossa Senhora do Carmo, no dia 16 de Julho, aqui na Igreja Paroquial do Alto do Lumiar, celebramos a imposição. pode também falar com o sacerdote e combinar a imposição.
  • Se já lhe foi imposto o Escapulário, pode adquirir uma medalha de Nossa Senhora do Carmo em substituição, que só necessita de ser benzida.

Batismo

Pedir o Batismo das crianças

O nascimento de uma criança envolve toda a família numa grande alegria, com a promessa de uma vida em plenitude que dá os primeiros passos. O amor dos pais é imagem do Amor de Deus, que criando cada um de nós à sua imagem e semelhança, se nos revela como um Pai que nos convida à fé, à esperança e à caridade. Muito cedo os cristãos perceberam que esse amor que os envolvia no Batismo podia ser celebrado com as crianças, que cresciam na Igreja como verdadeiros filhos de Deus, descobrindo em cada etapa do seu crescimento, o que significa ser cristão.

Para pedir o Batismo das crianças é necessário, por isso mesmo, garantir que a experiência de fé terá possibilidade de se desenvolver e crescer na Igreja, nela aprender a fé e a oração, juntamente com todas as outras dimensões da vida.

picture1

Até que idade pedimos o Batismo das crianças?

Os pais podem requerer sempre o Batismo das crianças desde que manifestem desejo de acompanhar o seu crescimento na fé; porém, a partir da idade escolar, ou seja, no ano em que completam seis anos de idade, as crianças farão a preparação para o Batismo integradas na catequese paroquial, o que pode significar dois ou três anos de preparação, em que os pais e os catequistas colaboram intensamente no processo de despertar da fé.

Como deverei escolher os padrinhos?

A Igreja pede que haja, quando possível, apenas um padrinho ou madrinha, ou um padrinho e uma madrinha. Mas se não se encontrar quem reuna os requisitos para assumirem essa missão em nome da Igreja, pode ser celebrado o Batismo sem padrinhos, desde que garantido o crescimento da fé da criança. (Código de Direito Canónico, can. 872 e 873).

Para assumir esta missão devem manifestar sinais claros de pertença à comunidade cristã e de comunhão com a Igreja em todas as dimensões da vida (por exemplo, se vivem conjugalmente com alguém, devem ter já celebrado o Matrimónio na Igreja Católica), de tal modo que possam ser garantes da fé cristã junto daquele a quem são chamados a exercer o múnus de padrinho ou madrinha. Porque ele é o garante da experiência da fé, tem de ser Batizado, ter recebido já a Comunhão da Eucaristia e o Santo Crisma, sacramentos que exprimem a vida de Cristo em nós. (can. 874). Note que é uma exigência universal da Igreja, tendo em conta o maior bem das crianças.

Quem pode ser padrinho?

O sentido de existirem Padrinhos é uma ajuda a que «a graça batismal possa desenvolver-se» (CIC 1255)(…)por isso devem ser «pessoas de fé sólida, capazes e preparadas para ajudar o novo batizado no seu caminho de vida cristã».

Missão

Os Padrinhos são, junto do afilhado, a certeza da presença de Jesus, a proximidade da Igreja, a comunidade cristã que se faz companhia. Sendo assim, têm que reconhecer nessa missão um apelo para aprofundarem a sua fé e a verdade dos seus critérios. É bom que sejam fiéis à Missa de Domingo, se confessem e comunguem com regularidade, sustentem a sua fé com leituras boas e outros meios de formação. E é importante que rezem, especialmente pelo seu afilhado. (…) Os Padrinhos são chamados a uma paixão missionária pelo destino do seu afilhado.

O que diz o Código de Direito Canónico sobre os Padrinhos?

Cânone 874:

  • serem escolhidos pelos pais, ou por quem faz as vezes destes;
  • terem completado 16 anos (pode haver exceções à idade mínima mas devem ser avaliadas pelo padre que vai batizar);
  • serem católicos, com a primeira comunhão, crismados e levarem uma vida de acordo com a fé;
  • não estarem em nenhuma situação canonicamente irregular;
  • não serem o pai ou a mãe do batizado.

picture2

Em que consiste a preparação dos pais e padrinhos para a celebração do Batismo?

O encontro preparatório decorre num ambiente informal, onde se procura partilhar a fé que professamos no Batismo cristão. Porque é a vida de Deus que começa no coração de uma criança, dá-se um especial relevo de como a família e os padrinhos podem ajudar a crescer o dom da fé nos mais novos, partilhando experiências e vivências.
Também os aspetos práticos da celebração, como decorre o Batismo, como podemos participar nas leituras e preces da celebração são parte integrante dos encontros. Não receie colocar perguntas ou dúvidas, pois de certo que será possível encontrar um espírito aberto de quem, como os pais e padrinhos, também é um peregrino da fé. Por razões de podermos garantir o melhor ambiente, é necessário marcar previamente a reunião segundo o calendário já combinado e disponível no Cartório.

Como certificar que estive na reunião?

No final do encontro de pais e padrinhos é dado um comprovativo da presença na reunião, que deverá ser entregue no Cartório Paroquial juntamente com o documento de inscrição do Batismo, ou então, entregue na Paróquia onde se celebrará o Batismo.

Batismo de crianças em idade escolar

A preparação é feita na catequese paroquial, integrando a criança no seu grupo etário. É uma preparação complementar que acumula com a catequese própria do ano em que a criança se insere. Contacte uma das responsáveis pela catequese.

Como posso ser batizado?

Se tem mais de 16 anos deverá frequentar a catequese de preparação para o batismo de adultos. Contacte a responsável pela catequese de adultos: Maria José Vilaça.

Saber mais

Quais os procedimentos gerais para o Batismo?

Primeiro Passo: marcar a data

Se o batismo for na Paróquia deverá marcar a data com o Prior.

Se o celebrante for um Padre de fora, deverá pedir autorização ao Prior e ajustar com ele os detalhes necessários.

Se o batismo for noutra Paróquia, deverá proceder à transferência do processo da sua paróquia de residência para a paróquia onde se realiza o batismo. O processo é tratado na paróquia de residência.

Segundo Passo: CPB – Curso de Preparação para o Batismo

Os Pais e os Padrinhos deverão frequentar uma reunião de Preparação para o Batismo que terá lugar na Paróquia. Informe-se no Cartório Paroquial as datas das reuniões e marque a sua presença atempadamente.

No dia do batismo receberá uma Cédula de Vida Cristã onde deverá ir averbando todos os sacramentos que irá receber ao longo da sua vida. Vai voltar a precisar dela quando for Crismado, quando casar ou quando for convidado para ser padrinho de alguém. Não a perca!

Crisma

O que é o Crisma?

Pelo Batismo, e, de modo particular, pelo Crisma, ficamos: Marcados, Fortalecidos e Ungidos pelo Espírito Santo: “Não contristeis o Espírito Santo de Deus, uma vez que recebestes a sua marca…” (Ef 4,30). Pelo Crisma o Cristão recebe os dons do Espírito Santo e compromete-se com a missão de testemunhar e anunciar Jesus ao mundo e guiar a Igreja nos caminhos da história para que ela permaneça fiel ao Senhor e encontre sempre de novo os meios de anunciar eficazmente o Evangelho.

Os dons do Espírito Santo têm uma forma de operar diferente de qualquer virtude, porque é o próprio Espírito que age. É como São Paulo diz “Já não sou eu que vivo mas é Cristo que vive em mim”.

Quero ser Crismado

O Crismando deverá ter um padrinho ou madrinha, de preferência um dos padrinhos de batismo, mas pode ser outra pessoa, desde que obedeça aos critérios:

  • ser testemunha da presença de Cristo e da companhia da Igreja na vida do crismando e ajudar a cumprir fielmente as obrigações inerentes a este Sacramento.
  • não pode ser pai ou mãe
  • tem de ser crismado

Padrinhos

As crianças que iniciarem o percurso de catequese sem serem batizadas receberão os sacramentos de iniciação cristã (Batismo, Eucaristia e Crisma) na altura da Primeira Comunhão.

Jovens e adultos podem pedir para ser crismados. Deverão frequentar uma catequese de preparação integrando um grupo adequado à sua idade.

Se ainda não forem batizados ou não tiverem recebido a primeira comunhão, farão a catequese para receber os três sacramentos de iniciação cristã.

Documentos

Preencher e entregar um boletim que será fornecido pelo catequista, e ter a Cédula de vida cristã.